Publicado em Deixe um comentário

Erros mais comum na hora de emagrecer

Sobe na balança e seu peso estagnou , vou mencionar os erros mais comuns que acontecem e isso eu percebo pelos meus pacientes.

As vezes perdemos a mão nesses alimentos:

  • Azeite na hora de temperar a salada
  • Castanhas( tem texto sobre no blog)
  • Pastas de amendoim
  • Carnes gorduras(pernil,acém)
  • Abacate
  • Manteiga
  • Oleo de coco
  • Chocolates em geral
  • Queijos amarelos

Todas as opções são gorduras saudáveis , mas em excesso possuem muitas calorias e acaba que você extrapolando o limite que uma pessoa precisa comer.
Esse é um erro comum em quem faz a low carb e não sabe o porque não esta evoluindo. Se você já acompanha meus textos sabe que não existe um ”alimento ruim”, mas sim a quantidade desse de um alimento pode atrapalhar seus ganhos.

E principalmente quando o indivíduo come muito pouco seu peso está estagnado. No final de todos os textos eu menciono que dieta é com nutricionista e deve ser elaborada individualmente, dessa forma, busque um profissional habilitado.

Publicado em Deixe um comentário

Água de berinjela e redução de colesterol

Habitualmente a ingestão da água da berinjela tem sido relacionada com a redução do colesterol, mas isso não passa de mais um MITO, pois para ter bons níveis de colesterol no sangue não basta pensar em apenas um legume, mas sim na alimentação como um todo.

Foi pensado isso, porque a berinjela possui bastante fibras tanto dentro quanto na casca. Dessa forma, é valido consumir o alimento como um todo e aproveite todos os nutrientes que ela oferece.

Qualquer dúvida relacionada a alimentação busque um nutricionista !

Publicado em Deixe um comentário

5 Benefícios do consumo do gengibre

Dentre as plantas utilizadas pela medicinal tradicional está o Zingiber officinale Roscoe (Zingiberaceae) mais conhecida como Gengibre e suas principais propriedades são:

  • Combate problemas gastrointestinais e de azia.
  • Antioxidantes (diminui o stress oxidativo).
  • Utilização desse alimento em pacientes que possuem diabetes traz efeitos positivos, tendo uma diminuição dos níveis séricos de glicose.
  • Aumenta a diurese, por ser um alimento diurético.
  • Reduz os marcadores de colesterol LDL (”colesterol ruim”).

Dessa forma, consulte um nutricionista para orientar a dosagem a ser utilizada, pois ela não é uma substância que irá auxiliar a resolver o seu problema.

Referência:http://repositorio.faema.edu.br:8000/bitstream/123456789/2443/1/document.pdf

Publicado em Deixe um comentário

Qual a melhor dieta para emagrecer?

Se você vê a maioria dos textos que eu posto você sabe que eu não sou o tipo de nutricionista radical e sabe que não existe uma dieta para emagrecer, tinha que colocar esse título para você vir até aqui e ler oque está ali embaixo.

A cada dia aparece propaganda de um novo tipo de dieta, prometendo dar a qualquer pessoa um corpo escultural, rapidamente e sem dificuldades. Mas estudos científicos claramente demonstram que a população humana está cada vez mais obesa, e que problemas de saúde relacionados à obesidade estão aumentando. Isso sugere que ninguém está seguindo essas dietas miraculosas. Ou talvez elas não sejam tão simples e eficazes quanto prometem. No vasto mundo das dietas para perda de peso e na busca por melhor saúde, quais seriam as melhores recomendações científicas disponíveis?

Frequentemente, jogamos a culpa do engordar na pessoa obesa: porque ela come quantidades erradas, tipos de alimentos incorretos, horários errados, etc. Mas a verdadeira razão de termos tanta obesidade no mundo, hoje, é a evolução.

Procedemos de humanos que viveram durante milhares de anos em situação de escassez de comida. Desse modo, somos desenvolvidos e programados para guardar qualquer excesso de comida ingerida como gordura, para usar essa energia armazenada em tempos de necessidade. Também evoluímos para gostar muito de comida, especialmente aquela que é rica em calorias. Porque garante a nossa sobrevivência.

Mas colocar a culpa da obesidade na evolução, justificadamente, não elimina o fato de que ser obeso relaciona-se a vários problemas de saúde, incluindo diabetes, infarto, cânceres e doença de Alzheimer, dentre outros. Logo, para a maioria da população que deseja envelhecer com saúde, vale a pena ficar de olho na balança e evitar a obesidade. A pergunta que fica é: como fazer isso, com sucesso e com saúde. Pois o primeiro ponto é avaliar a relação da obesidade e uma alimentação adequada, pois a pessoa que deseja perder peso, porque precisa ganhar saúde. Foram criados padrões estéticos que não correspondem necessariamente a menor incidência de doenças, como modelos fotográficas.

Está acabando JURO! Portanto, vejo que tem muita gente com peso normal que gostaria de perder uma pequena ”barriguinha” por motivos estéticos, mas que não terá nenhum ganho de saúde associado, e talvez sofra prejuízos.

Mas então, o que devemos então comer? A resposta é que, cientificamente, há evidências claras que dietas moderadas em carboidratos, proteínas e gorduras, e, acima de tudo, variadas, são as ideais em termos de saúde a longo prazo. Falo isso em toda conversa que faço com os lugares que eu tenho parceria, dieta é somente com nutricionista, dessa forma, busque um para um melhor equilíbrio nutricional!

Publicado em Deixe um comentário

Beber água em jejum emagrece?

Não, a água é essencial para o bom funcionamento do corpo, principalmente para o intestino. O indicado é de 2 a 3 litros por dia. Porém a ingestão de água em jejum não tem relação com o emagrecimento. Para que haja emagrecimento é fundamental modificar hábitos alimentares ou acrescentar exercícios.

Dessa forma, busque um nutricionista para tirar suas dúvidas

Publicado em Deixe um comentário

Enfiei o pé na jaca e agora? e

Segunda feira….. Sempre ouvimos algumas pessoas falando que comeram muito no final de semana. O famoso: ”enfiei o pé na jaca”.

Mas a verdade é que vão existir alguns dias e momentos que vamos comer mais mesmo e está tudo bem!

São dias especiais, ainda mais no final de semana.Isso não vai te fazer engordar. Aceitar as excessões vai ser fundamental e aproveite o momento.O que você precisa fazer: voltar sua rotina habitual e seguir sua vida ”normalmente”.

Você não precisa:Comer menos Fazer detox (isso nem existe rsrsrsrs) Nem compensar fazendo mais exercícios.

É preciso fazer as pazes com a comida e ter uma relação de neutralidade e qualquer dúvida consulte um nutricionista habilitado

Publicado em Deixe um comentário

Glutamina

As empresas vendem: como um suplemento que melhora a fadiga, ganho de massa muscular, mais força, maior resistência, e um ”up” na imunidade.

Mas ela serve para: saúde intestinal, melhorando a absorção de nutrientes. Todavia, se você não se alimentar bem não vai funcionar.

Deixando bem claro: industria vende, cliente compra. Treine bem e se alimente adequadamente essa é a base. Suplementação vem depois e olhe la rsrsrsrs.

Se tiver condições busque um nutricionista, ele te ajudará a chegar no seu objetivo com menos gastos.

Publicado em Deixe um comentário

Glúten é vilão?

O coitado do glúten tem sido um dos atuais protagonistas , acusado de ser inflamatório.

Se a pessoa tem alergia ao glúten ok, mas se você não tem alergia deve comer tranquilamente.

Se você não é alérgico ao glúten e ”cortar ele” é pela sua escolha. Mas deixar de comer ele você não vai emagrecer.

Outra coisa importante, aveia não tem glúten, mas ela é transportada e fabricada dentro de maquinários que tem a presença do glúten(podem ter traços por contaminação)

Publicado em Deixe um comentário

Leite é prejudicial para saúde?

Vejo muito mistério ao redor do leite, muitas pessoas demonizando como prejudicial a saúde algo que é rico em cálcio, vitaminas e minerais.

O leite vai ser atrapalhar sua saúde a menos que você seja parte do grupo que é intolerante a lactose.

Só mencionando para não ficar longo, o leite sofre um processo de ultrapasteurização e o tipo de UHT dura mais, porque passa por um processo de aquecimento para matar bactérias, logo não contém conservantes.

Publicado em Deixe um comentário

Suco de caixinha é uma opção mais saudável?

Suco de caixinha geralmente é uma ”opção mais saudável” para acompanhar refeições ou servir como uma fonte mais nutritiva, sendo assim, é um erro não ler a lista de ingredientes, por acreditar que o produto seja somente fruta.Xarope de milho é o tipo de açúcar que a indústria adiciona nos refrigerantes e sucos. É um tipo de açúcar invertido com elevado teor de frutose é usado pelo seu nível de doçura.

O açúcar da cana (sacarose) possui um índice de doçura de 100 já o xarope de milho apresenta um índice de 120.E um copo de 200 ml de suco apresenta 2 colheres de sopa de açúcar. Trata-se de uma quantidade que ultrapassa os limites recomendados. Além de trazer vários aditivos químicos como corantes, conservantes e aromas para se assemelhar com o suco natural.Somando-se a isso há também a presença de sódio para conservação do produto.

Sendo assim, você acaba consumindo de modo indireto uma quantidade de sódio além do recomendado podendo trazer malefícios para o seu coração e sobrecarregar o funcionamento dos rins.Por isso, sempre fique atento aos rótulos desses produtos.

Procure sucos que sejam 100% natural, somente o suco da fruta, sem adição de açúcar. Uma opção mais saudável seria suco de uva que é ofertado em garrafa de vidro, por exemplo.

Publicado em Deixe um comentário

Vitamina B9

Conhecido como ácido fólico ou folato participa do metabolismo dos aminoácidos (proteína), importante no processo de multiplicação celular, sendo indispensável durante a gravidez, pois é essencial para a formação do tubo neural que é fundamental para o equilíbrio do sistema nervoso.

50% do folato fica armazenado no fígado, sendo este órgão responsável por liberá-lo na corrente sanguínea para ser captada pela medula óssea.As melhores fontes são: vegetais de folhas verde escuro (espinafre, brócolis, couve e aspargos), feijão, abacate, abóbora, carne tanto de vaca quanto de porco, cenoura.

E sua deficiência está relacionada com anemia, malformação congênita, doença cardiovasculares.Dessa forma, busque um nutricionista habilitado para prescrição de uma dieta individualizada e de acordo com suas necessidades.

Referência: https://online.unisc.br/seer/index.php/jovenspesquisadores/article/view/9332/6112

Publicado em Deixe um comentário

Mito ou verdade: fica sem comer emagrece?

Mito, pois deixando de comer você pode tornar seu metabolismo mais lento, além disso, após ficar sem comer por muito tempo você vai sentir vontade de comer tudo que vê pela frente (compulsão alimentar).

Para que ocorra a perda de peso é fundamental o déficit calórico, que seria comer menos que o corpo gasta, em outras palavras: seu corpo gasta 2000 kcal e você comer 1500, por exemplo.É importante considerar que a quantidade de calorias deve ser individualizada, e com acompanhamento profissional preferencialmente, pois há muitas variáveis que precisam ser avaliadas e bem planejadas, do contrário o risco de sofrer com o efeito sanfona é inevitável.

Dessa forma, consulte um nutricionista habilitado.

Publicado em Deixe um comentário

Dúvidas sobre os chás

Primeiramente se for uma erva desidratada que não tenha adição de açúcares é muito interessante de tomar, pois têm seus benefícios.

Está pergunta é muito frequente nos atendimentos. ”O chá ajuda emagrecer” ?

Os chás aumentam a diurese, mas o consumo desse produto não emagrece e não queima gordura.

”Posso trocar o café por chá?”

Sim, por exemplo, o chá verde, além de ter um pouco menos de cafeína, ele é rico em polifenóis que é um antioxidante e é diurético.

” Pode adoçar?”

Não se adoça, nem com adoçantes!

”Como faz”?

Infusão de algum chá específico

  • Aqueço 300ml de água + 1 colher de sobremesa ( a menor) da erva.
  • Coa e está pronto pro consumo.
  • Guardo na geladeira e tomo gelado.

Para orientação individual, não use esse post, vá ao nutricionista!

Publicado em Deixe um comentário

Arroz branco vs Arroz integral

Pergunta feita por um paciente. Preciso trocar o arroz branco por integral?

Sendo que o integral ele relata enjoou, reclama do tempo de preparo e do sabor.Falando mais de cada tipo de arroz, o branco ele passa por um processo que perde sua casca e assim alguns nutrientes e é polido.

100g de arroz branco cozido tem 128kcal sendo 28,1g de carboidrato e 1,6g de FIBRAS.Já o integral é descascado, mas não passa pelo processo de polimento, assim preserva seus nutrientes, no caso ele possui mais fibras. 100g desse possui 124 kcal, 25,8g de carboidrato e 2,7g de FIBRAS.

Perceberam a diferença entre os dois? Mas será que essa pequena diferença se faz necessária no seu dia a dia? Na minha opinião não! Pensando em uma pessoa que está querendo mudar sua alimentação e tem dificuldade com essa troca não deve se preocupar com a quantidade de fibras que o arroz integral tem a mais, sendo que um plano alimentar adequado deve ser acrescentado com legumes e hortaliças que são boas fontes de vitaminas, minerais e fibras.

Sempre que um paciente me faz esse tipo de pergunta a resposta é essa, mas sem os números para ficar de fácil entendimento. Qualquer dúvida consulte um nutricionista habilitado

Publicado em Deixe um comentário

Imunidade e inverno

O inverno é propício para o surgimento de alguns problemas respiratórios como gripe, resfriado, etc, isso ocorre devido as temperaturas mais baixas e o tempo mais seco.Dessa forma, é importante que o sistema imunológico esteja bem fortalecido. Há alimentos que atuam como anti-inflamatórios e contribuem para diminuir a produção de substâncias que estimulam a inflamação deixando o organismo mais resistente à doença.

São eles:

  • Tomate
  • Frutas
  • Nozes
  • Azeite
  • Folhas verdes
  • Peixes

Promovendo uma melhora no quadro inflamatório pode-se evitar até mesmo doenças crônicas graves, como: diabetes, obesidade, por exemplo.Com os níveis de stress elevados e a dependência excessiva de alimentos processados, a inflamação é cada vez mais frequente em nosso corpo levando a uma maior exposição à doenças.

Em relação aos alimentos processados eles podem ser ingeridos sim, mas eventualmente. E não é preciso ir a farmácia comprar remédios e nem multivitamínicos, porque você pode encontrar tudo que precisa para fortalecer sua imunidade nos alimentos. Qualquer dúvida consulte um nutricionista.